quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Candidatos participam de debate em Florianópolis


Foram discutidos temas como saúde, segurança e Copa do Mundo.
Joaninha de Oliveira (PSTU) foi única a não participar do debate.
Seis dos setes candidatos a prefeito de Florianópolis participaram na manhã desta segunda-feira (21) de um debate no estúdio da TVCOM e mediado pelo apresentador Mario Motta. Entre outros, foram discutidos temas como saúde, transporte, segurança e Copa do Mundo de futebol.


Joaninha de Oliveira, do PSTU, não participou do debate uma vez que seu partido não tem representação do Estado na Câmara dos Deputados, conforme o artigo 23, parágrafo terceiro da resolução nº 22.718/2008 do Tribunal Superior Eleitoral. No entanto, os demais candidatos - Afrânio Boppré (PSOL), Angela Albino (PC do B), César Souza Júnior (DEM), Dário Berger (PMDB), Esperidião Amin (PP) e Nildomar Freire (PT) - aceitaram que ela gravasse um depoimento de até quatro minutos. A gravação foi exibida no final do debate.
Todos os passos do debate foram definidos por sorteio, alguns feitos antes do início do pergunta-resposta e outros durante o debate. Foi assegurado, ainda, o direito a réplica e tréplica aos concorrentes.

No primeiro bloco, os candidatos responderam perguntas entre si com temas diversos. Nos questionamentos entraram assuntos como saúde, transporte e segurança.

Na segunda rodada, entraram os temas sorteados ao vivo. Os candidatos voltaram a fazer perguntas entre si. Segurança pública, desenvolvimento urbano, turismo, transporte e políticas sociais foram alguns dos assuntos abordados.
Para o terceiro bloco, os concorrentes voltaram a fazer perguntas entre si com temas variados. Saúde, Copa do Mundo, IPTU, infra-estrutura e gestão municipal foram alguns dos questionamentos.

A quarta rodada de perguntas e respostas teve temas definidos por sorteio. Foi a primeira vez que a educação apareceu no debate. Entrou na roda, ainda, os bolsões de pobreza, desenvolvimento econômico e, mais uma vez, transporte. Os candidatos fizeram perguntas entre si.

O debate foi finalizado com as considerações finais dos concorrentes. Os candidatos tiveram um minuto para se despedir e aproveitaram para pedir o voto dos eleitores.

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Polícia resgata mil cães mantidos em condições precárias em canil nos EUA


Resgate ocorreu após denúncia de entidades pró-direitos animais.
Proprietários negam maus-tratos e se dizem vítimas de 'caça às bruxas'.

Filhote em canil de Parkersburg, no estado americano de Virgínia Ocidental, em 23 de agosto. Autoridades resgataram cerca de mil cães que eram mantidos em más condições no canil, após denúncia de grupos de defesa dos direitos dos animais. Segundo a polícia, eles eram mantidos em gaiolas minúsculas e nunca eram levados para passear. (Foto: AP/Best Friends Animal Society)
Os donos do canil negaram as acusações e disseram estar sendo vítimas de uma 'caça às bruxas' movida por entidades de defesa dos animais.

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Michael Phelps vai escrever livro sobre Olimpíadas


Nadador vai contar história de Pequim e sua filosofia durante treinos e competições.
Ele deve revelar detalhes de sua vida privada também, como a criação por mãe solteira.
A estrela olímpica Michael Phelps vai escrever um livro contando a história por trás de suas oito medalhas de ouro na natação, durante estes Jogos Olímpicos de Pequim. A notícia foi divulgada nesta sexta-feira (22), anunciou uma editora americana.

Em “Built to succeed” (formado para ser bem-sucedido), Phelps falará também sobre sua filosofia nos treinos e competições, assim como revelará partes de sua vida privada.

Ele deve comentar sobre ter sido criado por uma mãe solteira e sobre os problemas com um transtorno de déficit de atenção (hiperatividade).

A previsão é que o livro seja lançado em dezembro, nos Estados Unidos. Phelps, de 23 anos, se tornou o maior campeão olímpico durante as Olimpíadas de Pequim, ganhando oito medalhas de ouro. Ele já tinha outras seis. O nadador é dono de sete recordes mundiais.

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Orkupet promove amizade entre animais




Os donos de animais de estimação agora têm outra maneira de exibir seus bichinhos: o Orkupet. Cães e gatos têm espaço garantido na página da internet dedicada para eles. Como muitos donos já cadastravam seus animais no site de relacionamentos Orkut, agora eles têm um espaço personalizado.



Animais podem fazer amizade com outros e participar de comunidades. “Eu amo ração”, “Eu gosto de assistir TV com meu dono” e “Minha dona é muito legal” são algumas das que fazem sucesso.
A estudante Bárbara Melo, de 12 anos, criou uma página para sua cachorrinha Tutty. “Achei o site bem bonito e divertido, mas meus amigos ainda não se cadastraram. Acho que, em pouco tempo, as pessoas vão começar a participar”, diz.

De acordo com Bárbara, o animal é o xodó da família e ganhou uma página na internet antes mesmo que o irmão caçula, Felipe, de três meses.



A cadelinha entrou para o convívio da família em outubro de 2005, quando eles moravam em uma casa em Campo Grande. Após a mudança para São Paulo, o animalzinho veio junto e se adaptou à vida em um apartamento.
Em busca de um novo par
Já a estudante Laís Perpétuo Simões, de 11 anos, também se animou com a idéia de dedicar um espaço especial à cachorrinha na internet. A yorkshire Mel, de 3 anos, faz parte de comunidades como “Eu adoro a cama da mamãe” e “Sou linda”.

Laís diz que não descarta a possibilidade de fazer a cachorrinha encontrar um par. “Bem que ela podia arranjar um cachorrinho pra cruzar. Ela tentou duas vezes e não conseguiu engravidar”, conta.



De acordo com a assessoria de imprensa do Google, o Orkupet não é vinculado à empresa, que é responsável pelo Orkut.

quarta-feira, 13 de agosto de 2008


Celular usado por 007 será lançado pela Sony Ericsson
Fonte: Revista Alô
Disponível por tempo limitado, o telefone traz conteúdo relacionado ao filme, como trailer, entrevistas de bastidores, papéis de parede e um jogo de espionagem. O aparelho, usado durante todo o filme por James Bond para ajudá-lo em sua missão, destaca recursos ligados a fotografia. A câmera de 5 megapixels tem detecção de rostos, flash e foco automático. A função BestPic permite tirar nove fotos de um objeto em movimento quase simultaneamente, podendo escolher a melhor delas mais tarde. O celular também envia fotos para blogs ou diretamente para impressoras, sem precisar de um PC. O C902 Cyber-shot tem ainda memória incorporada de 160 MB - suficiente para armazenar até 100 fotos de resolução integral - que pode ser expandida com um cartão de memória. O celular de James Bond deve chegar às lojas de mercados selecionados a partir do quarto trimestre de 2008. A Sony Ericsson não confirmou o lançamento no Brasil nem o preço sugerido para o aparelho. O modelo Titanium silver C902 Cyber-shot foi desenvolvido especialmente para Quantum of Solace, 22º filme da série do agente 007, em uma parceria com a MGM. O celular usado por James Bond em seu próximo filme, que estréia em novembro, será lançado pela Sony Ericsson em edição limitada.

segunda-feira, 4 de agosto de 2008


Theófilo Antônio o nosso mascote olimpico!!!!!!!

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Olimpíadas com gostinho barriga verde


Santa Catarina tem 17 motivos para acompanhar as Olimpíadas 2008, em Pequim na China. Este é o número de atletas catarinenses que vão representar o Brasil, e o Estado, nas competições. Na equipe, quinze já estão com passaporte carimbado, enquanto os outros dois aguardam convocação oficial. Entre eles, há catarinenses e federados no Estado, há dez veteranos e sete estreantes em jogos olímpicos, em um total de nove diferentes modalidades.

Destaques
Os destaques vão do oeste ao litoral e representam cerca de 8% dos 280 atletas da delegação brasileira. A estréia do Estado nos jogos começa dia seis de agosto, com Andréia dos Santos (Lages), que joga na seleção de futebol feminino. O dia nove será cheio de disputa para os catarinenses. É a vez da estréia de Murilo Fischer (Brusque) do ciclismo, da Fabiana Beltrame (Florianópolis) e Anderson Nocetti (Florianópolis) no Remo e Chana Masson (Capinzal), Eduarda Amorim (Blumenau), Fabiana Kuester (Blumenau) e Aline W. Rosa Lopes (federada) com o handebol feminino. O dia dez também garante emoções com a estréia de Eduardo Deboni (federado) na natação, Bruno Rezende (federado) no vôlei, Jakson Korojoski (Descanso) e Jardel Pizzinatto (Chapecó) no handebol masculino. A vela com André Fonseca (Florianópolis) e Bruno Fontes (federado) começa as disputas no dia 12. Já o dia 15 fica por conta do atletismo com José Alessandro Bagio (Orleans). Finalizando as estréias de Santa Catarina, no dia 21, tem ginástica rítmica com Luisa Matsuo (Florianópolis) e atletismo com Ana Cláudia Lemos (federada).
Orgulho
O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Gilmar Knaesel, sente-se orgulhoso de ver atletas catarinenses selecionados para concorrer com os melhores do mundo. “Tudo o que divulga o nosso Estado trás retorno de marketing turístico e desperta a promoção de Santa Catarina”, destaca. Diferente dos Jogos Pan-Americanos e dos Jogos Parapan-americanos, onde só os atletas federados ganharam premiação do governo estadual, na próxima semana o governador Luiz Henrique vai decretar que as premiações sejam para todos os catarinenses, só existindo diferença entre medalhistas ou não. “É uma forma de reconhecermos o esforço desses atletas”, explica Knaesel.
Já o presidente da Fesporte, Cacá Pavanello, diz não se surpreender com a participação dos catarinenses, a exemplo do que já aconteceu em outras olimpíadas como Atenas, Sydney e Barcelona. Segundo ele, o Estado tem hoje um sistema desportivo que serve de exemplo na sua organização e principalmente por seus eventos como os Jogos Escolares e a Olimpíada Estudantil Catarinense, os Joguinhos e Jogos Abertos. “O governo vê com grande satisfação o fato de esses atletas estarem lá defendendo o país numa competição tão importante”, explica o presidente.

Jogos
Os jogos olímpicos começam no próximo dia 08, às 09h08 (horário de Brasília) e terminam no dia 24 de agosto. Além dos atletas olímpicos, Santa Catarina terá 10 representantes nas Paraolimpíadas, que acontecem em setembro também em Pequim, com grandes chances de medalhas.

Olimpíadas com gostinho barriga verde


Medalhas podem estar a caminho
Santa Catarina tem 17 motivos para acompanhar as Olimpíadas 2008, em Pequim na China. Este é o número de atletas catarinenses que vão representar o Brasil, e o Estado, nas competições. Na equipe, quinze já estão com passaporte carimbado, enquanto os outros dois aguardam convocação oficial. Entre eles, há catarinenses e federados no Estado, há dez veteranos e sete estreantes em jogos olímpicos, em um total de nove diferentes modalidades.
Destaques Os destaques vão do oeste ao litoral e representam cerca de 8% dos 280 atletas da delegação brasileira. A estréia do Estado nos jogos começa dia seis de agosto, com Andréia dos Santos (Lages), que joga na seleção de futebol feminino. O dia nove será cheio de disputa para os catarinenses. É a vez da estréia de Murilo Fischer (Brusque) do ciclismo, da Fabiana Beltrame (Florianópolis) e Anderson Nocetti (Florianópolis) no Remo e Chana Masson (Capinzal), Eduarda Amorim (Blumenau), Fabiana Kuester (Blumenau) e Aline W. Rosa Lopes (federada) com o handebol feminino. O dia dez também garante emoções com a estréia de Eduardo Deboni (federado) na natação, Bruno Rezende (federado) no vôlei, Jakson Korojoski (Descanso) e Jardel Pizzinatto (Chapecó) no handebol masculino. A vela com André Fonseca (Florianópolis) e Bruno Fontes (federado) começa as disputas no dia 12. Já o dia 15 fica por conta do atletismo com José Alessandro Bagio (Orleans). Finalizando as estréias de Santa Catarina, no dia 21, tem ginástica rítmica com Luisa Matsuo (Florianópolis) e atletismo com Ana Cláudia Lemos (federada).
OrgulhoO secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Gilmar Knaesel, sente-se orgulhoso de ver atletas catarinenses selecionados para concorrer com os melhores do mundo. “Tudo o que divulga o nosso Estado trás retorno de marketing turístico e desperta a promoção de Santa Catarina”, destaca. Diferente dos Jogos Pan-Americanos e dos Jogos Parapan-americanos, onde só os atletas federados ganharam premiação do governo estadual, na próxima semana o governador Luiz Henrique vai decretar que as premiações sejam para todos os catarinenses, só existindo diferença entre medalhistas ou não. “É uma forma de reconhecermos o esforço desses atletas”, explica Knaesel. Já o presidente da Fesporte, Cacá Pavanello, diz não se surpreender com a participação dos catarinenses, a exemplo do que já aconteceu em outras olimpíadas como Atenas, Sydney e Barcelona. Segundo ele, o Estado tem hoje um sistema desportivo que serve de exemplo na sua organização e principalmente por seus eventos como os Jogos Escolares e a Olimpíada Estudantil Catarinense, os Joguinhos e Jogos Abertos. “O governo vê com grande satisfação o fato de esses atletas estarem lá defendendo o país numa competição tão importante”, explica o presidente.
Jogos Os jogos olímpicos começam no próximo dia 08, às 09h08 (horário de Brasília) e terminam no dia 24 de agosto. Além dos atletas olímpicos, Santa Catarina terá 10 representantes nas Paraolimpíadas, que acontecem em setembro também em Pequim, com grandes chances de medalhas.