sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Crise financeira faz chihuahuas serem abandonados nos canis americanos


Los Angeles (EUA), 28 out (EFE).- Transformados em estrelas de cinema e em acessórios estilosos de famosos, os populares chihuahuas se tornaram vítimas de seu próprio sucesso e da crise financeira e são encontrados em número cada vez maior nos canis americanos.
Agora, estes pequenos e delicados animais de estimação chegam com mais freqüência aos centros de acolhimento de animais do sul da Califórnia, onde cerca de 700 chihuahuas esperam por um dono.
Um problema que é especialmente significativo no rico condado de Santa Bárbara, onde teve início esta semana uma campanha para atrair novos proprietários que queiram adotar os cães.
"Temos mais de 100 em nossos três centros e, desde que começou a semana, entregamos 12 chihuahuas, mas como continuam entrando, ainda há mais de uma centena deles nas instalações", explicou à Agência Efe a diretora do serviço de animais de Santa Bárbara, Jan E. Glick.
A demanda por estes cães disparou nos últimos anos, em grande parte devido a suas proporções (são os menores do mundo com cerca de 20 centímetros de altura e pouco mais de 2 quilos de peso), sua adaptabilidade e seu aspecto adorável.
Estas características fizeram deles o "melhor amigo" de pessoas com alto poder aquisitivo, o que levou estes animais, transformados em símbolo de status, a viajar em caras bolsas de celebridades e a aparecer nas páginas de revistas associadas ao luxo.
Artistas como Madonna, Brendan Fraser, Paula Abdul, Mickey Rourke, Britney Spears e, sobretudo ultimamente, Paris Hilton, foram flagrados com seus pequenos animais de estimação.
O sucesso desta raça de origem mexicana permitiu a realização do filme "Perdido para Cachorro" que, após sua estréia nos Estados Unidos, em 3 de outubro, se manteve como o filme de maior bilheteria do país por duas semanas, ficando à frente de produções como "Rede de Mentiras", protagonizada por Leonardo DiCaprio e Russell Crowe.
A crescente procura por esta espécie de cachorro, que poderia aumentar por efeito deste novo filme, combinada com o agravamento da situação econômica, terminaram, no entanto, por atingir estes atraentes cães.
"São muito populares na comunidade, mas agora as pessoas os estão abandonando. Até os recolhemos na rua. Achamos que a crise tem muito a ver com o que acontece. Há pessoas que perdem suas casas, mudam-se e não podem ficar com eles", afirmou Glick.
Entre julho e setembro, os bancos embargaram as casas de quase 80 mil californianos, 228% a mais que no mesmo trimestre de 2007, apesar de a hipoteca não ter sido o único fator que colocou os chihuahuas na rua.
O desencanto de alguns proprietários com o animal, que não atendeu às expectativas geradas pelos meios de comunicação, e o custo da ração e dos cuidados veterinários, surgiram como razões para o abandono desses cães.
"As pessoas os adquirem pensando que são essas adoráveis coisinhas que podem levar em seu bolso, mas não são um acessório. Estão vivos, respiram e requerem muito cuidado", explicou Anne Stockton, a diretora da organização Small Dog Rescue and Humane Society.
Tais circunstâncias atingiram até o cachorro protagonista do filme, chamado Papi, que foi resgatado de um canil pela equipe da produção.
"Não acho que seja ruim necessariamente que saiam em filmes. Pode acontecer de aumentar o número de expulsões pelo aumento da demanda devido à atração do que se vê no cinema, mas também pode ser que mais gente venha buscar chihuahuas nos centros de acolhimento de animais", declarou Glick.
Os chihuahuas não foram os primeiros a ser vítimas de seu sucesso. Algo similar aconteceu após a versão de "101 Dálmatas" em 1996, que gerou um interesse inusitado pela raça dálmata e, posteriormente, muitos deles foram parar nos canis.
A moda dos chihuahuas começou no início da década, por causa da estréia do filme "Legalmente Loira" (2001), no qual uma menina de Beverly Hills, interpretada por Reese Witherspoon, levava seu cachorro à Universidade de Harvard. EFE

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

O que você vê na TV??????????


Um dia atrás vi um comentário sobre o papel da TV na população brasileira e achei engraçado!
Pois creio que uma pessoa com sentidos normais e um pouco de estudo não deixe se levar pelo o que a TV mostra!
A comentarista da discussão falou da influencia da Tv nas crianças, então fiquei pensando, o porque as pessoas se deixam levar pelo o que olham na TV.
Cheguei a seguinte conclusão: COMODISMO!!!!!!
É complicado ir procurar um livro pra ler, uma revista, conversar com os filhos, saber como foi o dia de aula, etc...
É melhor, mais cómodo e pratico chegar do trabalho e sentar no sofá pra ver TV até dar sono, não importa o que esta vendo!!!!
Creio que é chegada a hora de pensar em parar de cobrar das emissoras a educação do povo e sim cobrar dos professores e pais pela civilidade da nova geração para que nossas meninas não acabem mortas com um tiro na cabeça pelo namoradinho aos 15 anos!!!!

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Dário Berger se reelege prefeito de Florianópolis


Vitória sobre Esperidião Amin foi com 57,68% dos votos válidos.
Esta será a quarta prefeitura consecutiva de Berger, em SC.
O atual prefeito de Florianópolis, Dário Berger, do PMDB, se reelegeu neste domingo (26) para mais quatro anos no comando da capital do estado de Santa Catarina.
Com todas as urnas apuradas, ele obteve 57,68% dos votos válidos contra o candidato Esperidião Amin, do PP, que recebeu 42,32% dos votos.
Berger será prefeito pela quarta vez consecutiva, a segunda vez à frente da capital catarinense. Antes, ele havia sido prefeito por dois mandatos em São José, cidade da região metropolitana de Florianópolis. Amin, por sua vez, foi derrotado pela terceira vez consecutiva em eleições.
Em entrevista à TV RBS, logo após saber do resultado, Berger disse que já contava com a vitória. O prefeito reeleito acompanhou a apuração na casa do governador Luiz Henrique (também do PMDB). Em entrevista à rádio CBN/Diário, Luiz Henrique afirmou que há a possibilidade de Berger ser indicado para concorrer ao governo do estado em 2010.
“Dário Berger é nome forte para qualquer coisa e será objeto de pesquisa dentro do partido”, disse Luiz Henrique em entrevista à rádio CBN/Diário. O governador de Santa Catarina sinalizou que deve deixar o cargo no início de 2010 para disputar uma vaga no Senado.
Berger disse que quer "escrever seu nome na história" de Florianópolis. “Nós temos muitos projetos pela frente. Precisamos resolver o problema do trânsito, do transporte coletivo, saneamento, educação, saúde, tudo explicitado no nosso programa de governo, que agora com o apoio do governador e do governo federal, eu não tenho nenhuma dúvida que vou escrever meu nome na História de Florianópolis, como um dos melhores e maiores prefeitos de toda a História”, disse ele.
Primeiro turno
No primeiro turno, Dário Berger (PMDB) liderou a apuração com 39,80% dos votos válidos (94.077), contra 25,33% (59.858) de Esperidião Amin (PP). O terceiro mais votado foi Cesar Souza Junior (DEM), com 30.834 (13,05%), seguido por Angela Albino (PC do B), com 29.537 (12,50%).
Em 1992, Dário Berger foi eleito vereador em São José pelo PFL com 994 votos.Também pelo PFL, elegeu-se prefeito de São José em 1996, sendo reeleito em 2000. Em 2004, transferiu seu domicílio eleitoral para Florianópolis, sendo eleito pelo PSDB no segundo turno, com 118.644 votos.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Workshop Brasil Telecom - Planejamento Comercial!!!


Da esquerda pra direita temos: Charlene, Daniel, Beto o Chefe, Juliana gravidinha, Marcos, Lurdinha, Telma, Pricila e Eu Miguel!!!!

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Difunde a esperança em melhores dias.
Nunca houve tanta necessidade da verde
palma, quanto nestes momentos.
A esperança dá forças aos ideias e coragem
às criaturas, que se renovam, mesmo quando
tudo parece a ponto de perder-se.
É ela que sustenta o herói e mantém o santo
nos propósitos superiores que abraçam.
Preservando-a em ti, nunca desfalecerás, nem
te sentirás abandonado, quando as circunstân-
cias te convidarem ao testemunho e à solidão.

Bom dia e tenham todos uma ótima semana!

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

" A vida está cheia de desafios que, se aproveitados de forma criativa, transformam-se em oportunidades"
(Maxel Maltz)

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Amin enfrenta chuva em campanha na Capital


Candidato liderou militantes no bairro Monte Cristo
Ana Minosso | ana.minosso@diario.com.br
— Quem está com medo dessa chuva? — pergunta o candidato Esperidião Amin (PP) para o grupo de pessoas que o aguarda na Rua Joaquim Nabuco, no bairro Monte Cristo, para mais uma caminhada em busca de votos.
Em coro, mulheres, homens e crianças respondem "eu não" e saem atrás do candidato, empunhando bandeiras e cantando ritmos populares com a banda de música.
A chuva e o vento não dão trégua e, menos de uma quadra depois, todos estão ensopados. Amin, de camisa rosa, calça jeans e tênis, segue de porta em porta, cumprimenta todos que encontra, chama muitos pelo nome e dá beijinhos nas mulheres. Eram 15h de terça-feira e o compromisso se estendeu — mesmo com chuva e vento — até o final da tarde.
Para brincar com o grupo, Amin pergunta se alguém ali é eleitor de Santo Amaro ou se todos votam em Florianópolis, em alusão ao adversário Dário Berger que escolheu uma eleitora da cidade vizinha para falar bem dele e foi descoberto. A contenda ainda pode ser vista no programa eleitoral e serve de argumento para alfinetar o rival.
Acompanhado do filho, João Amin (PP), que elegeu-se vereador no último dia 5, o candidato cumpre extensa agenda com algumas obrigações mantidas em sigilo.
No final da tarde, como tem feito algumas vezes, previa uma parada no Terminal Integrado do Centro (Ticen) e aproveitaria para contar de onde vem a lenda de ser dono da empresa de ônibus Transol.
Segundo ele, quando foi prefeito a empresa Trindadense não correspondia aos serviços desejados e ele buscou alternativas para fazer concorrência. Encontrou em Lages a Transul, que se dispôs a trazer 10 ônibus para a Capital, virou Transol e derrubou a Trindadense. Por isso, diz, resolveu o problema do transporte à época, mas ficou com a fama de ser dono da nova empresa.

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Ibope mostra Dário Berger à frente na disputa em Florianópolis


Considerando os votos válidos, Berger tem 64% e Amin, 36%.
O instituto ouviu 805 eleitores entre os dias 9 e 10 de outubro.
Pesquisa Ibope, contratada pela TV RBS e divulgada neste sábado (11), mostra o candidato à reeleição Dário Berger (PMDB) à frente na disputa pela Prefeitura de Florianópolis (SC).
Dário tem 56% das intenções de voto contra 32% do adversário, o ex-governador Esperidião Amin (PP). Votos brancos e nulos somam 8%. Não sabem ou não responderam 4% dos entrevistados.
O instituto ouviu 805 eleitores entre os dias 9 e 10 de outubro. Com margem de erro de três pontos percentuais, a pesquisa foi registrada na 12ª Zona Eleitoral de Florianópolis sob o número 109366/2008.
Votos válidos
Considerando apenas os votos válidos (sem brancos, nulos ou indecisos), Dário Berger tem 64% contra 36% de Amin.
No primeiro turno, quando disputavam outros cinco candidatos, Dário Berger obteve 39,8% dos votos válidos e Amin, 25,33%

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Aparecida deve receber 170 mil pessoas na Festa da Padroeira

Número representa um acréscimo de quase 18% em relação a 2007.
Shows de artistas famosos foram descartados para manter caráter religioso.
Aguardada por devotos e romeiros de todo o país, a Festa da Padroeira de 2008 deve levar aproximadamente 170 mil pessoas à Aparecida do Norte, a 180 quilômetros de São Paulo, no próximo domingo (12). Essa é a expectativa do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, responsável pela organização da festa que acontece anualmente no dia da santa.
O número de visitantes esperado é quase 18% maior do que o recebido no ano passado, que chegou a 140 mil. Muitos desses fiéis devem chegar à cidade antes das 5h para acompanhar a Alvorada Festiva, que marca o início das comemorações, e só irão embora depois do show de encerramento e da queima de fogos, já no início da noite.
Como nos últimos anos, aFesta da Padroeira não deve contar com a apresentação de artistas famosos. Segundo a organização, esses shows fazem perder o caráter religioso da festividade.



Até 2006, cantores, bandas e duplas sertanejas se ofereciam para participar da festa, o que tornava o encerramento disputado inclusive por quem não havia participado das celebrações religiosas ao longo do dia. Em 2008, o espetáculo fica por conta de organistas do Santuário, na Tribuna Sul, inaugurada esse ano. O local, integrado à basílica, será o ponto de chegada da Procissão Solene, que começa às 16h.

Novena

Os fiéis, no entanto, podem apreciar apresentações musiciais no final dos encontros da novena de preparação para a festa. Os shows em cada dia de novena, promovidos pelo Ponto de Apoio ao Romeiro, ocorrem na Praça de Alimentação.
Nesta sexta-feira (10), haverá apresentação do show acústico de Renato Teixeira após o término da programação prevista para o dia. Para o sábado (11), último dia da novena, são esperadas cerca de 47 mil pessoas. Após o término, a programação se encerra com a apresentação da cantora Fernanda Simionato.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

A Bênção dos Inocentes




Dia 4 de Outubro foi dia de São Francisco e dia mundial dos animais.
No Colégio Bom Jesus foi realizado um evento para os mascotes, com Bênção, videos educativos e adoção de cães resgatados da rua por ongs de Florianópolis.
A manhã de sábado estava chuvosa mas todos compareceram com muita alegria e paz, alguns cães encontraram seu lar e foram adotados, outros como o meu Théo foi abençoado pelo Frei e teve todas as atenções que a data oferecia.
Mas não basta darmos atenção aos nossos mascotes somente nestas datas pois eles nos dão amor incondicionalmente de datas ou de animos que nos encontramos.
Ajudar um animal abandonado é mais do que um ato de amor mas sim um ato de civilidade!!!

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Oi! Aqui estamos nós:

Trocamos um apartamento no centro de Porto Alegre por ele, para que pudéssemos colocar em prática nosso amor pelos animais. Moramos no sítio há três anos e abrigamos nossos mais de 150 cachorros retirados das ruas em diferentes situações de abandono.
Procuramos dar a eles amor, carinho, e uma vidinha um pouco melhor.
Mas vale a pena, pois o retorno que eles nos dão compensa todos os sacrifícios.
Durante todo este tempo, conseguimos mantê-los com recursos de nossos trabalhos. Mas, de três meses para cá, as coisas mudaram, tornando inviável continuarmos o que fazemos sem a ajuda de outras pessoas.
Só em ração, gastamos em média R$ 2.500,00 ao mês, fora medicamentos, castrações, ...
No final de julho, ficamos desesperados por não termos literalmente ração para alimentá-los. Então, foi feita uma campanha para arrecadar ração, na Usina do Gasômetro. Foi um sucesso! As doações recebidas mantiveram nossos bichinhos por dois meses. Na ocasião da campanha tínhamos 155 amiguinhos peludos, sendo que dez foram adotados e estão com pessoas maravilhosas.
Aí, você poderia perguntar:
- Mas como, após essas adoções vocês ainda têm mais de 150 cachorros?
- Se não podem mantê-los, por quê ainda pegam outros?
Para nós é simples: qualquer um dos que está nas ruas tem o mesmo valor que os que estão abrigados no sítio.
Não podemos encontrar filhotes abandonados em meio a carros, ônibus, e seguirmos em frente sem nada fazer. Como passarmos na rua por um animal gravemente ferido e seguirmos em frente, sem nada fazer? Como vermos um animal doente, no frio, na chuva, e seguirmos em frente, sem nada fazer?
O que geralmente ocorre é que nos deparamos com situações que exigem resposta imediata e não concordamos em ter deixar de prestar socorro quando isso acontece.
Claro que isso é muito complicado, uma vez que nos encontramos numa situação tão dificil.
Mas são vidas!
E vidas são sempre preciosas!
E agora estamos na mesma situação de julho, desesperados, precisando de ajuda!
Precisamos basicamente de RAÇÃO, RAÇÃO e RAÇÃO !
Por este motivo, estaremos no último fim de semana de cada mês, na Usina do Gasômetro, recebendo doações de ração e agendando visitas ao Sítio, para adoções responsáveis de nossos cãezinhos.
Por tudo isto, sua ajuda é muito importante!
Você pode ajudar doando qualquer quantidade de ração, de qualquer marca.
A divulgação de nosso pedido de ajuda é muito importante também!
Se você quiser divulgá-lo a seus amigos e conhecidos, será valiosa ajuda.
Campanha da Ração na Usina do Gasômetro:
27 e 28 de setembro
25 e 26 de outubro,
29 e 30 de novembro,
27 e 28 de dezembro.
Nossos telefones: (51) 9911 9910 (Acyr)
(51) 8409 3260 (Ceres)
Nosso email: soscannisluppus@gmail.com

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Pingüins pegam carona em navio da Marinha e deixam o estado do Rio


Serão 3 dias de viagem até o Rio Grande, no RS.
Aves têm 180 kg de peixe e água salinizada a bordo.
Trinta e um pingüins deixam nesta terça-feira (7) o estado do Rio rumo ao Sul do país. As aves vão de carona no navio da Marinha Ary Rongel para Rio Grande, no Rio Grande do Sul, onde serão entregues ao Centro de Reabilitação de Animais Marinhos e depois devolvidos ao mar.



A viagem dura três dias. Durante o percurso, os pingüins receberão tratamento vip. Eles terão à disposição dois tanques com água salinizada e receberão comida quatro vezes ao dia. Para alimentá-los, foi preciso encomendar 180 kg de corvininha, um peixe sem espinha.



Dos cerca de 500 pingüins acolhidos pelo zoológico de Niterói, na Região Metropolitana, 280 chegaram mortos e outros 170 morreram durante o tratamento. Bastante debilitadas, as aves pesavam cerca 900 gramas e deixam o estado com o dobro do peso. Outros 60 pingüins continuam em Niterói, em tratamento.



Assim que chegam ao zoológico, as aves recebem soro, vitaminas e comida. Apesar dos esforços da equipe que recebe as aves, muitas não conseguem sobreviver.



Segundo Giselda Candiotto, presidente do zoológico de Niterói, as aves chegaram em águas brasileiras por três motivos: problemas climáticos, poluição e falta de peixe. Os animais são conhecidos como pingüins de Magalhães e vêm do Estreito de Magalhães, na Patagônia. Normalmente, essas aves são trazidas pelas correntes marítimas, que costumam ser mais fortes entre junho e setembro.
Navio vai para a Antártica
Segundo o capitão-de-mar-e-guerra Arlindo Serrado, comandante do navio Ary Rongel da Marinha, o 'Gigante Vermelho', como é conhecido, segue em missão para a Antártica neste mês de outubro, onde pesquisadores farão o levantamento oceanográfico e a carta náutica da região. Antes, porém, a tripulação pára no Rio Grande para pegar as roupas de frio que serão usadas na viagem. O navio só retorna ao Brasil em abril de 2009.