sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Olimpíadas com gostinho barriga verde


Santa Catarina tem 17 motivos para acompanhar as Olimpíadas 2008, em Pequim na China. Este é o número de atletas catarinenses que vão representar o Brasil, e o Estado, nas competições. Na equipe, quinze já estão com passaporte carimbado, enquanto os outros dois aguardam convocação oficial. Entre eles, há catarinenses e federados no Estado, há dez veteranos e sete estreantes em jogos olímpicos, em um total de nove diferentes modalidades.

Destaques
Os destaques vão do oeste ao litoral e representam cerca de 8% dos 280 atletas da delegação brasileira. A estréia do Estado nos jogos começa dia seis de agosto, com Andréia dos Santos (Lages), que joga na seleção de futebol feminino. O dia nove será cheio de disputa para os catarinenses. É a vez da estréia de Murilo Fischer (Brusque) do ciclismo, da Fabiana Beltrame (Florianópolis) e Anderson Nocetti (Florianópolis) no Remo e Chana Masson (Capinzal), Eduarda Amorim (Blumenau), Fabiana Kuester (Blumenau) e Aline W. Rosa Lopes (federada) com o handebol feminino. O dia dez também garante emoções com a estréia de Eduardo Deboni (federado) na natação, Bruno Rezende (federado) no vôlei, Jakson Korojoski (Descanso) e Jardel Pizzinatto (Chapecó) no handebol masculino. A vela com André Fonseca (Florianópolis) e Bruno Fontes (federado) começa as disputas no dia 12. Já o dia 15 fica por conta do atletismo com José Alessandro Bagio (Orleans). Finalizando as estréias de Santa Catarina, no dia 21, tem ginástica rítmica com Luisa Matsuo (Florianópolis) e atletismo com Ana Cláudia Lemos (federada).
Orgulho
O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Gilmar Knaesel, sente-se orgulhoso de ver atletas catarinenses selecionados para concorrer com os melhores do mundo. “Tudo o que divulga o nosso Estado trás retorno de marketing turístico e desperta a promoção de Santa Catarina”, destaca. Diferente dos Jogos Pan-Americanos e dos Jogos Parapan-americanos, onde só os atletas federados ganharam premiação do governo estadual, na próxima semana o governador Luiz Henrique vai decretar que as premiações sejam para todos os catarinenses, só existindo diferença entre medalhistas ou não. “É uma forma de reconhecermos o esforço desses atletas”, explica Knaesel.
Já o presidente da Fesporte, Cacá Pavanello, diz não se surpreender com a participação dos catarinenses, a exemplo do que já aconteceu em outras olimpíadas como Atenas, Sydney e Barcelona. Segundo ele, o Estado tem hoje um sistema desportivo que serve de exemplo na sua organização e principalmente por seus eventos como os Jogos Escolares e a Olimpíada Estudantil Catarinense, os Joguinhos e Jogos Abertos. “O governo vê com grande satisfação o fato de esses atletas estarem lá defendendo o país numa competição tão importante”, explica o presidente.

Jogos
Os jogos olímpicos começam no próximo dia 08, às 09h08 (horário de Brasília) e terminam no dia 24 de agosto. Além dos atletas olímpicos, Santa Catarina terá 10 representantes nas Paraolimpíadas, que acontecem em setembro também em Pequim, com grandes chances de medalhas.

Nenhum comentário: