quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Vigilância Sanitária orienta sobre destino de animais mortos


Confira os procedimentos corretos
A Vigilância Sanitária de Santa Catarina está orientando a população sobre o que deve ser feito com os animais mortos durante a enchente, para evitar a proliferação de doenças. Animais de pequeno porte, como roedores, aves, gatos e cachorros, em áreas urbanas, deverão ser acondicionados em sacos plásticos e encaminhados aos aterros sanitários.

Segundo o órgão, animais de grande porte (vacas, bois, cavalos) deverão ser enterrados o mais rápido possível em valas com profundidade mínima de dois metros, cobertos com uma camada de cal e terra. Em caso de dúvidas, a Vigilância Sanitária do município deverá ser consultada.
Fonte: ClicRBS

Nenhum comentário: