quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Voluntários e bombeiros alimentam animais na área atingida por deslizamentos em Ilhota


Cerca de 50 quilos de ração foram levados para cães e gatos que permanecem na região do Baú
Um grupo com seis voluntários e sete bombeiros da equipe de salvamento de Navegantes, no Litoral Norte de Santa Catarina, esteve na região do Baú, em Ilhota, no Vale do Itajaí, onde alimentaram os animais que estão na área, considerada de risco pela Defesa Civil.
O grupo partiu às 9h de segunda-feira da localidade de Baú Central, último ponto da região com acesso para veículos. Após seis horas de caminhada na mata e cerca de dez quilômetros percorridos, os voluntários chegaram no pé do Morro do Baú. A área, que foi evacuada pelas equipes de resgate, tem muitos animais deixados para trás pelos donos, obrigados a sair do local às pressas..
Entre os bichos, há porcos, galinhas, vacas, patos e cavalos, além de cães e gatos. De acordo com o coordenador de bem-estar animal do Instituto Ambiental Ecosul, Harlem Guerra Nery, poucos animais estavam desnutridos, o que surpreendeu o grupo.
Os voluntários encontraram animais abrigados em galpões ou soltos na região. Quanto aos cães, a maioria permaneceu fiel aos donos, ficando nas residências abandonadas. Muitos continuam em alerta, impedindo a entrada de desconhecidos nas propriedades da região.
Ração
De duas a três vezes por semana, moradores, com autorização para circularem nas áreas de risco, se revezam para tratar os bichos. Potes de ração são espalhados na região para que os animais tenham acesso ao alimento. Na segunda-feira, os voluntários distribuíram cerca de 50 quilos de ração para cães e gatos.
Ainda na segunda-feira, um veterinário prestou assistência aos animais com bicheiras, como o berne. O Instituto Ambiental Ecosul estima que haja pelo menos 50 cachorros abandonados no Baú. Quanto aos gatos, apenas um animal foi encontrado no quintal de uma residência.
Segundo Nery, um grupo de voluntários está sendo formado para a realização de uma nova missão na região do Baú. A equipe, que contará com o suporte dos bombeiros de Navegantes, não tem data prevista para a ida às áreas atingidas.
Fonte: Diário Catarinense

Nenhum comentário: