segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Planeta Atlântida reúne 70 mil pessoas em SC...!!!

Festival foi marcado por diversidade de estilos


Cerca de 70 mil pessoas curtiram os dois dias da edição catarinense do Planeta Atlântida. O festival ocorreu na sexta e sábado, 15 e 16 de janeiro, no Parque Planeta, no bairro Canasvieiras, em Florianópolis.
A festa foi marcada por uma diversidade de estilos. Nos dois dias de festival, houve artistas para todos os gostos. O próximo compromisso dos planetários está marcado para os dias 5 e 6 de fevereiro para a edição gaúcha do Planeta, em Atlântida, Litoral do Rio Grande do Sul.
Confira abaixo o que rolou no Planeta:



Primeira noite


A primeira noite abriu com o pop rock dos chapecoenses do Santograau. A banda, formada em 1998 tocou principalmente canções do CD "Espelho".
Os músicos também contaram com a participação de Guilherme Ribeiro, do John Bala Jones que cantou Em Paz com os rapazes. Para retribuir, o Santograau tocou um trecho de Ei Moleque, do John Bala.
Armandinho, veterano do Planeta Atlântida foi o responsável pelo segundo show. O gaúcho fez uma apresentação recheada de sucessos como Tá Todo Mundo Ae, Semente e Toca Uma Regueira. O surfista Teco Padaratz participou do show do amigo.
A baiana Pitty fez um show de rock agitado. A cantora e sua banda fizeram muito barulho com canções novas, como Me Adora, e algumas de trabalhos anteriores, como Máscara e Pulsos.
O Charlie Brown Jr manteve a veia rock'n'roll do show anterior. Veteranos como Armadinho, Chorão e sua gangue subiram ao palco com o jogo ganho. Os santistas tocaram músicas de toda a sua carreira. Proibida pra Mim e Tudo que Ela Gosta de Escutar não faltaram no show.
Victor e Leo fizeram um dos shows mais animados da primeira noite do Planeta. A dupla de irmãos hipnotizou o público com seu sertanejo universitário. Borboletas, Deus e Eu no Sertão e Fada fizeram todo mundo cantar junto.
Os pagodeiros paulistas do grupo Pixote ficaram encarregados do encerramento do show. Com muito balanço, o grupo animou a plateia, que não demonstrava sinais de cansaço.



Segunda noite


Pra começar, os florianopolitanos da Aerocirco, em sua estreia no Palco Central, fizeram uma apresentação de respeito. O pop rock da banda esquentou a galera para o restante da noite.
A Fresno foi a próxima atração. os gaúchos já entraram no palco giratório com o jogo ganho, com um repertório recheado de hits, a banda emocionou os planetários.
O reggae do Chimarruts veio na sequência, trazendo um ar de paz e amor ao festival. As músicas com vibe tranquila dos gaúchos fizeram todo mundo dançar devagarzinho.
Cheio de samba no pé, o Exaltasamba deu continuidade ao Festival. Sucessos como Tchau e Bença, e A Gente Bota pra Quebrar fizeram o público cantar junto.
O furacão Ivete Sangalo veio na sequência, estremecendo o Planeta. Com petardos como Arerê, Poeira e Levada Louca, Ivete conquistou a plateia. A morena simplesmente não parava de cantar e dançar.
A mistura de ritmos de Marcelo D2 continuou com a festa. O carioca arrepiou com sua mistura de rap, rock e samba.
Em seguida veio o Strike, com sua apresentação eclética. Os mineiros também apostaram na mistura. No caldeirão dos caras cabe rock, reggae e música eletrônica.
A festa terminou com o psytrance do DJ inglês Eskimo.


Fonte: Clic RBS

Nenhum comentário: