sexta-feira, 9 de abril de 2010

POEMA A ÁGUIA!


Agarra-me,
em teu vôo rasante
Oh! Mensageira alada
dos recados santos,
e, leva-me embora.
Sou criança mansa,
não temo o desconhecido.
Teu vôo rasante,
ultrapassa o limiar da luz.
Imperturbável mostra!
Quero sair do círculo...
caminhar reto...
Ouvir um som criado
no momento da celebração.

Autor: Álvaro Sertano, do livro "A Face do Amor".

2 comentários:

εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\ disse...

¨¨ /// \\\
¨¨//'_'\\\\
.¨/||^|^\\\
¨))\_ - _/((\
')))_/.".\_)\))
))/_--. .--_|)))
)/ /(¨.\/.¨)\ \)
/ /¨\¨¨¨./¨\ \
\ \¨')¨¨.'(¨'/ /
.\ \'/¨¨¨.'\'/ /
¨\'/'.. ... ...\'/
.¨/¨.. ... ..'¨\
_/'_,-,__,-,_\_
'--'\¨¨.Y¨¨/'--'...Oieee!...
.¨¨\¨¨|¨./ ...passei por aqui!
um ótimo fds!


=D

Sônia Silvino disse...

Ave divina e poderosa! Linda!
Bjkas e ótimo final de semana!