quarta-feira, 19 de maio de 2010

Em quatro horas, chove mais que a média do mês em Florianópolis


No total, 12 municípios registraram danos, segundo Defesa Civil.
Ciclone extratropical está no litoral, entre SC e RS.

Em quatro horas, choveu mais do que o esperado para o mês, em Florianópolis. Segundo o meteorologista Flávio Varone, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o volume de chuvas acumulado entre as 22h de terça-feira (18) e as 2h de quarta (19), foi de 161 milímetros. A média pluviométrica histórica de maio é de 97 milímetros.
A Defesa Civil estadual informa que 12 cidades registraram prejuízos por causa de temporais que começaram na terça-feira. No total, mais de 800 pessoas saíram de casa. Entre os municípios mais atingidos estão Tijucas, Palhoça, Itajaí e Santo Amaro da Imperatriz. A BR-101 foi totalmente interditada na região de Palhoça, devido a uma queda de barreira.
Varone disse ao G1 que as chuvas são consequência de um ciclone extratropical, que está no litoral, entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
Em Tramandaí (RS), choveu cerca de 130 milímetros em três horas. O Inmet não tem histórico registrado para o mês nesse município.
Previsão
De acordo com o Centro de Informações de Recursos Ambientais e Hidrometeorologia de Santa Catarina (Epagri/Ciram), a chuva e a intensidade dos ventos devem diminuir, mas permanece o alerta para mar agitado e com ondas altas. Em Santa Catarina, as ondas devem atingir três metros. no Rio Grande do Sul, 4,5 metros.

Fonte: G1

Nenhum comentário: