terça-feira, 18 de maio de 2010

Florianópolis decide decretar emergência por causa da ressaca


Mar avança e ameaça casas na Praia da Armação do Pântano do Sul.
Em todo o estado, chuva causa prejuízo em 42 municípios.

A Prefeitura de Florianópolis decidiu, na tarde de segunda-feira (17), decretar situação de emergência por causa da ressaca e da erosão na Praia da Armação do Pântano do Sul. Segundo o diretor da Defesa Civil municipal, Maximo Porto Selene, o documento será encaminhado à Defesa Civil estadual para homologação e entra em vigor depois da publicação no "Diário Oficial".
"Se o mar avançar mais dez metros, as casas da comunidade serão invadidas pela água", disse ele ao G1. "No decorrer de anos, a praia veio sendo subtraída, mas nada que fosse alarmante. Só que, de repente, em dois meses, a faixa de areia sumiu e a situação se agravou."
Selene afirma que houve uma mudança na corrente marinha e as ressacas estão sendo contínuas. Por isso, a Defesa Civil está monitorando a orla.
Além das ondas fortes, as chuvas têm causado prejuízo em Santa Catarina. Desde a semana passada, 42 municípios relataram à Defesa Civil estadual danos causados por enxurradas e deslizamentos. Vinte e seis decretaram situação de emergência até a manhã desta terça-feira (18).
Fonte: G1

3 comentários:

Gigi e Lola disse...

QUE COISA MAIS TRISTE, AQUI FAZ TEMPO QUE NÃO CHOVE FORTE, SÓ GAROA MESMO...QUE PAPAI DO CÉU FAÇA PARAR DE CHOVER!!!

Lambeijokas e Boa Noite

Lola

Reflexo d Alma disse...

É terrivel sempre saber
o que acontece.
A melhor maneira de enfrentarmos
e ficando alerta para a possibilidade de ajuda seja ela
em sentido seja
Bjins entre sonhos e delírios

Sônia Silvino disse...

Boa noite, meu bem!
Deu saudades e vim lhe visitar!!!
A chuva anda castigando muito!
Você é como uma reunião de chocolate
Tem talento, tem prestígio...
... Vale mais q ouro branco,
Brilha mais que diamante negro,
E quem tem sua amizade pede bis!!!Deffanny
Bjkas, muuuitas!