quarta-feira, 24 de março de 2010

Shows e atividades esportivas marcam o aniversário de 284 anos de Florianópolis


Cantor Daniel encerrou a programação dos festejos


O pedacinho de terra há muito deixou de ser perdido. Florianópolis virou referência quando o assunto é beleza natural e qualidade de vida. Para celebrar esse reconhecimento, diversos eventos marcaram o aniversário de 284 anos da cidade nesta terça-feira. Show nacional do cantor Daniel encerrou a programação com um público de 20 mil pessoas.

A Avenida Beira-Mar foi transformada num quadra poliesportiva durante a manhã. Tênis, capoeira, futebol, vôlei e ginástica artística atraíram famílias.

Otávio Silveira, 3 anos, não queria sair de perto dos berimbaus. O pai, mestre capoeirista, estava se apresentando e o filho quis mostrar que também sabia alguns golpes.

— Ele adora! E olha que hoje ele está inibido — falou a mãe Ernanda, que aproveitou o feriado para acompanhar a apresentação do grupo, que é da Praia do Santinho, Norte da Ilha.

A enfermeira Edenice Silveira, 33 anos, levou a filha Laís de um ano para passear na Beira-Mar a acabou parando nas atrações esportivas. Edenice nasceu e mora em Florianópolis, mas já passou um período em Brasília.

— Eu gostei de viver lá, mas nada se compara a Florianópolis. Aqui é maravilhoso, lugar sem igual.

Zelinda de Assis, 31 anos, também concorda. Ela nasceu em Campos Novos, Meio-Oeste, e desde os 16 mora em Florianópolis. A filha, Julia, 6 anos, já é manezinha. Zelinda nem pensa em deixar a Capital catarinense, apesar de achar que muita coisa ainda pode melhorar.

— O trânsito é caótico e há problemas na segurança pública — observou.

O paranaense Sérgio Garcia também escolheu Florianópolis para ficar. A prova disso é que a filha Beatriz, 1 ano e 10 meses, nasceu aqui. Ele já morou na capital carioca e em Curitiba.

— Há pouco estive em Curitiba e lembrei porque deixei a cidade. Ela está muito grande e com o trânsito caótico. Espero que Floripa não fiquei assim. É preciso tomar cuidado. — falou Sérgio, que precisou acompanhar Bia no tênis.
Show nacional fecha programação

A programação do aniversário de Florianópolis ainda incluiu baile da terceira idade, inauguração de praças no Bairro Canto, região continental e na Costeira do Pirajubaé e regata, que não era realizada há 34 anos e reuniu 25 veleiros, num percurso de 15 milhas (27 quilômetros).

Foi assinada ainda, pelo prefeito Dário Berger, a ordem de serviço para o início das obras do trapiche, na Avenida Beira-Mar.
Para encerrar as comemorações, a partir das 21h, teve o show gratuito com o cantor Daniel, em Ingleses, no Norte da Ilha. Com a turnê Raízes, o cantor fez uma apresentação com toque acústico, no qual as guitarras e os teclados deram lugar aos violões.

Cerca de 20 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, compareceram ao show.

Fonte: ClicRBS

Um comentário:

Sônia Silvino disse...

Festão, hein?! Linda Floripa merece e muito!
Bjkas, muitas!